Nossos sonhos, nossos desejos, nossas desilusões, dores e paixões. Como falar delas? Só na poesia encontrei a forma mais franca de assim falar. "Mutant enim hominis" , sim somos seres mutantes e o Camaleão é uma analogia à mudança capaz em nós. Nesta coletânea, coloco tudo isto e muitas, muitas mudanças.

PARA LER NO CELULAR CLIQUE AQUI

 

Site desenvolvido por Caliman do Brasil Soluções para Internet